AMAR TAMBÉM É TER A CORAGEM DE DECIDIR


Internar alguém num Lar não quer dizer abandoná-la, desprezá-la, rejeitá-la ou desonrá-la. Quer dizer que se busca para ela um lugar apropriado para a situação dessa pessoa, onde os cuidados profissionais serão mais eficientes do que os parcos cuidados caseiros, amadores, em ambiente não preparado para isso, por maior que seja a quantidade de amor presente nesse cuidar.

Ao contrário do que alguns pensam, internar alguém num Lar é um ato de amor e de coragem.

19940987_tzk7r

Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s