A MORTE NÃO É TUDO

DulceOlá Manuel! Olá família! Olá amigos!…

A Morte não é nada, não é tudo, não é o fim!… Eu apenas passei para o “quarto” seguinte! Calma! Nada de excecional aconteceu! Tudo permanece como é… como tem sido… como sempre foi!

Eu sou eu. Tu és tu. O que fomos um para o outro ainda somos! O que vivemos juntos permanece intocado, imutável! Chama-me como sempre me chamaste!

Fala-me como sempre me falaste!
Não mudes o tom para triste ou solene…
Continua a rir com aquilo que nos fazia rir juntos!
Reza, sorri, pensa em mim, reza comigo.
Deixa que o meu nome seja uma palavra comum em casa, como sempre foi… como sempre se pronunciou, sem nenhuma tristeza, sem nenhuma saudade.

A vida continua a ter o significado que sempre teve;
existe uma continuidade absoluta, inquebrável…

Eu sei que não estou… nem ficarei esquecida! E tenho a certeza de que nunca se esquecerão de mim! Não estou longe!
Aliás… estou muito perto de vós…
Apenas do outro lado do caminho…
Não se entristeçam, tudo está bem!

No meu e no teu coração, está a ternura que sempre tivemos um pelo outro!
Isso nunca acabará! Até o nosso reencontro!
Seca as tuas lágrimas e, se me amas como eu a ti, não chores mais…..

Está tudo bem!

(Adaptação de uma oração atribuída a St.º Agostinho)

Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s