O mau tempo custa a passar

Depois de mais de 100 dias numa cama do hospital de Santa Maria, a Dulce debate-se com a falta de forças, a dificuldade em comer embora se esforce, e dias carregados de nuvens do tamanho das surpresas.

Quando a noite cai e as visitas partem os olhos ficam tristes à espera que tudo mude. Infelizmente a noite é longa e, nos últimos tempos, foram tantas as surpresas que é difícil alimentar a paz e a calma, essenciais para a recuperação.

No final do dia a febre vem, quase sempre para aumentar as dúvidas sobre o combate ao vírus hospitalar e as poucas palavras que se ouvem são para referir que as transfusões de sangue e de plaquetas são porque as defesas da Dulce continuam “muito fraquinhas” e que o reinicio da quimioterapia continua adiado.

Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

2 respostas a O mau tempo custa a passar

  1. teresa garces diz:

    Dulce a amizade não se resume só nas horas boas de alegria e de festa ..
    Amizade é para todas as horas boas, ruins ,tristes ,dificeis de enfrentar ,estando longe estou contigo nas minhas orações ( a lágrima quando cai é sempre acompanhada de um sorriso ) um abraço forte ,teresa

  2. .lizete diz:

    Coragem e esperança ….que os dias pesados se tornem mais leves para ti Dulce ….xx

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s