O dia agradável

No final do dia a Dulce, quando pressentiu que estávamos quase a partir, recordou as visitas e disse baixinho: muito obrigado a todos, foi um dia muito agradável!

A tarde começou com os braços abertos para todos os que chegavam a começar pela irmã a quem confessou pensar que não vinham. Depois foi a alegria do reencontro com cada um, os pedidos de oração, os conselhos, as recordações, os apelos à paz interior e à serenidade perante as contrariedades das nossas vidas.

Foi um dia de alegria para todos os que passaram, ou puderam passar, pelo cantinho do Hospital de Santa Maria. Um dia para guardar como recordação da Dulce e uma lição de amor e carinho guardado bem no fundo do coração que venceu a doença, os erros humanos e todas as nossas limitações.

Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Uma resposta a O dia agradável

  1. Lita diz:

    A DULCE tem nos dado grandes lições de humildade e carinho, bem-haja!!!!
    Bjs.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s