O conduto

Scan0003Uma das grandes preocupações do pai, em dia de trabalho com gente de fora no campo, era o conduto para acompanhar as semilhas ou batatas cozidas.

O ideal era a carne de porco cortada aos bocadinhos e bem frita até a gordura se transformar em molho grosso com quase torresmos à mistura. Mais no final do Verão, especialmente nas vindimas, podia ser atum, gaiado ou bacalhau em molho de vinagre forte.

Para o pai, o conduto ditava a qualidade do almoço e, se a molhanga puxasse ao copo, tudo ficava perfeito para o resto do dia.

Infelizmente, na maior parte dos dias não era assim. O conduto tinha de ser inventado e a tia foi uma das grandes inovadoras na criação das nossas ementas. Além das saladas, até ervilhas e favas bem temperadas à sua maneira, imitavam o conduto de carne ou peixe.

Para nós, no entanto, havia sempre uma solução de recurso: numa mão a semilha cozida com casca, na outra um pedacinho de batata-doce, feijão, milho tenro ou pimpinela, a mistura dos sabores mais doces com os salgados até aliciava o paladar. Havia até quem não se sentasse para comer.

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

4 respostas a O conduto

  1. Marta diz:

    à 1ª vista parecia Lita… elegante.

  2. gostei …recordar é viver….acho que é pipinela para empurrar a cemilha tão gostosa , esses tempos eram de saúde , continuo c/ essa preferia … atenção manos os tempos são de voltar á terra.

  3. maria c garces diz:

    Parece que escolheste a pessoa certa para esta demonstracao da culinaria das vindimas!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s