Quinta-feira já Santa

o bossUm grande dia par a mãe e para Avelino que viveu com emoção e algumas gargalhadas as cerimónias na Igreja e, sobretudo, as tarefas domésticas.

A mãe mondou e varreu o terreirinho da avó tal e qual como ela fazia, Marta andou a mondar as ervas do cebolinho enquanto Avelino, no caminho, de luva preta, observava e ria com o avanço do trabalho.

Como já é normal, em dia santo, para Avelino a missa começou quase uma hora mais cedo e a do Sr. Padre meia hora mais tarde. Pelo meio o “filme” das habituas correrias… até deu tempo par ir à piscina.

Na altura da comunhão, Avelino, sempre bem-disposto, já próximo da sua vez, optou por deixar a fila da Irmã e entrar na do Sr. Padre mas, descobriu o atacador solto e ia provocando um engarrafamento.

No final da cerimónia, ao contrário da irmã, não ficou surpreendido com a emocionante cena de retirar as flores e toalhas do altar. Olhou e disse alto e bom som: “é pa mnhã!…”

pasta de dentes finaJá em casa, a mãe que anda sempre a dizer que não tem pasta de dentes “de espremer”, resolveu o problema à sua maneira: descobriu um desmaquilhante finório de Lizete e colocou no “lugar certo”… para ensinar Marta.

Mais ainda, quando decidiu que era altura dos medicamentos, no meio da confusão, pegou na bolsa, colocou em cima da mesa e perguntou a Marta: “Sabes escolher…”

antesdurante...terreiro da avó mondadinho

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s