Dezembro, 25 em casa de Fátima

Do outro lado do Atlântico, o Natal foi em casa de Fátima com 13 pratinhos, 13 pratos, 13 copos e 78 talheres em cima da mesa. Foi uma festa com ovo, uma espécie de couve digital, semilhas e bacalhau, muito bacalhau, altinho, salgadinho e saboroso.

Foram tantas as iguarias que o frigorifico ficou fechado de castigo durante uma semana e, no final, a Fatinha: Pum! Pum!… Não foi bem como Avelino, mas ficou sem a Missa do Galo.

Felizmente que o Reis mandou às favas aquelas indicações e mais indicações dos computadores dos meninos e foi a pé até à farmácia mais próxima aviar a receita para tudo ficar a postos para a distribuição presentes.

Em tempo de crise, nem dá para acreditar, o Guilherme dispensou as teorias do Pai Natal e fez os presentes voarem para a cadeira ou para as mãos de cada destinatário, até daqueles que não se portaram lá muito bem. Havia tanto para distribuir que o rapaz puxou dos galões e evidenciou as suas capacidades de leitura sem um único erro. Um sucesso o rapaz!

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s