O trigo da Lapinha

Lapinha 2012Este ano, o trigo da Lapinha da nossa casa teve de ser importado. Já se perderam, na Lombada, os hábitos de semear trigo em regos estreitos. Agora, quem quiser tem de importar.

Por isso, estamos todos em pé de igualdade e estão criadas as condições para uma apreciação imparcial das “searas” da Lapinha em nossa casa, no Funchal, em Lisboa, Alcochete, no Porto, Bruxelas, Londres e África do Sul, no mínimo!

Queremos descobrir o trigo mais verdinho, o que mais cuidado mereceu para não se perder nem a tradição, nem os bons hábitos de enriquecer a Lapinha com sementes e frutas da nossa terra…

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s