O olhar distante da mãe

Ajudar a mãe é, cada dia que passa, um novo exercício a exigir, uma atenção redobrada às rotinas do dia a dia e aos novos desafios que também as nossas dificuldades acarretam.

Nos meses de Verão, com Avelino em casa e a agitação das festas, perde-se, facilmente, a rotina, garante da nossa estabilidade.

Retomar a normalidade do nosso dia a dia familiar exige, muitas vezes, colocar de lado as nossas preocupações e prioridades para garantir serenidade e bem-estar.

Com este espírito é possível, cada um, assumir as suas responsabilidades e ajudar a mãe, mesmo distante, por razões profissionais. Basta, de manhã e, ao final do dia, acompanhar as nossas rotinas, nunca perdendo de vista o essencial.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Uma resposta a O olhar distante da mãe

  1. maria c. garces diz:

    Que dificil foi ler esta mensagem! Noto grande diferenca na Mae e como se estivesse a dizer-me:
    Estou distante de tudo, mas os meus filhos ocupam o meu pensamento.E nos tb estamos a ocupar o nosso pensamento nos cuidados a ter com a Mae?
    Obrigada por eesta mensagem!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s