Os tormentos do vestido novo em dia de festa

Vão longe, bem longe, os tempos em que, na nossa casa, em dia de festa, era obrigatório, para as meninas, estrear um vestidinho novo. Podia ser de chita estampada, comprada a metro, na loja do Sr. Albino ou restos de outros tecidos. Não interessava: tinha era que ser e parecer novinho.

Semanas antes da festa, o vestido entrava no imaginário e nas conversas do dia-a-dia. A mãe, pela caladinha, chamava uma a uma, para cortar o tecido mesmo em cima das meninas e alinhavar o modelo com alfinetes espetados rentinho à pele ou linha branca e uma ladainha apressada que incluía alguns abanões e ordens expressas para endireitar o corpo, levantar os braços ou subir para cima da cadeira para ver melhor o efeito.

Depois vinham as sentenças da Tia Maria, sempre a puxar, para o mais moderno, mais curtinho, mais sem manguinha… bem ao gosto das meninas. Por fim, já a obra pronta e acertadinha no cliente, o pai ao ver o vestidinho a deslizar ligeiro pelo caminho acima, começava a sua ladainha, sempre bem informado, com os comentários dos vizinhos.

Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Uma resposta a Os tormentos do vestido novo em dia de festa

  1. manuel antes de cortar e alinhavar vinha na mente o que tinhamos visto no funchal e queriamos igual ,explicar á mae o modelo outra historia ,pois o tecido por vezes era de velho tranformar em novo ,nao tinha o mesmo padrao ,e lá vinha os amuanços que nao era bem assim ,a mae lá nos contentava c/+ umas nervuras ou rendinha ,mas o que menos gostava é que a mae vizesse os souties por + rendinhas que tivesse não me alegrava ,quando ganhei o 1º dinheiro c/ o penteado da nora da Isara a mae fez o vestido de noiva eu arranjei o cabelo encaixei o véu pintei as unhas de branco a cor que eu usava ela pagou-me 7escudos fui á esposiçao alemao e comprei um sotiao branco ,c/ vergonha de o por a enxugar colocava em casa da avó no recanto da escada ´so avó sabia um dia a esperta de celina veste-o pensando que era da tia , brigamos as duas mas ela venceu dizia que era + velha do que eu . teresa garces

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s