A festa da Lombada

Este ano, a Festa da Lombada, foi simples, tanto na nossa casa como na Capela. A ausência do pároco, por motivos de doença, possibilitou a presença de jovens padres que deixaram boas recordações tanto nas cerimónias como nas mensagens.

Em casa mandou Lisete, a avaliar pelo elaborado dos penteados e toilettes, tudo a condizer, menos a mala da mãe.

Avelino fartou-se de andar, para estar sempre actualizado e evitar que as manas estragassem os sapatos novos ou ficassem com os pezinhos a doer nos tempos mortos do arraial.

Como de costume, a banda passou por nossa casa e, desta vez, a novidade foi a sangria geladinha inventada por Teresa que, segundo a mãe, já tem idade para saber que, na Lombada, a festa começa na sexta-feira.

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s