LITA FEZ ANOS E FESTA

Lita, ainda cansada das festas em casa da mãe, resolveu convidar a família para assinalar mais um aniversário e, claro, não perder a dinâmica da experiência vivida na Madeira.

O efeito não podia ser melhor. Lita, para não se maçar repetiu a receita da última festa em casa da mãe e a família, para poupar em tempo de crise, compareceu em peso só para render louvores ao arroz de pato.

Tudo correu bem apesar dos protestos do Gui que, por excesso de lotação, não conseguiu ficar na cabeceira da mesa, da labuzice do tio Victor que repetiu e queria repetir ainda mais  a mousse de chocolate e do mau exemplo dos sobrinhos, agarradinhos às minis como se estivessem na Av. 24 de Julho.

Os discursos foram inflamados pela garrafinha de licor de maracujá que Lita comprada no aeroporto. Devido à elevada voltagem da pinga, o doce passou rapidamente a poncha a queimar na garganta para alegria dos jovens experientes na barulheira e matérias afins.

Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s