O MILHO DA MÃE PASSOU PELO CABELEIREIRO DE LILIANA

O milho lá de casa não anda lá muito bom da cabeça. Este ano ninguém plantou muito mas, o que foi lançado à terra nasceu mal e a mãe não anda lá muito satisfeita com o seu crescimento.

“É do ano”, diz a mãe. Choveu muito, o tempo não ajudou, o milho nasceu mal e não promete grandes massarocas.

Mas, o que o milho não dispensa é o cabelo bem arranjado e colorido. Há de todas as cores modernas e modernaças parece até que foram arranjadas no cabeleireiro de Liliana.

Noutros tempos as barbas de milho eram apanhadas e postas a secar para chá milagroso…

Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Uma resposta a O MILHO DA MÃE PASSOU PELO CABELEIREIRO DE LILIANA

  1. Marta diz:

    olá! manuel,
    A próxima novidade que levarás para a madeira será outras cores de cabelo de milo – amarelo, azul, preto…
    Gostei dos penteados – também podias fazer ondas (Lili tem andado apraticar – pergunta-lhe como se faz)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s