MESTRE AVELINO

A nossa casa tem nas portas pedras de cantaria muito antigas, trabalhadas à mão, cuja beleza ficou escondida com a tinta que há mais de meio século as cobre.

Repor a beleza da pedra é tarefa muito delicada e morosa. Talvez por ver tanto bater e bater na pedra com o martelinho de picar, Avelino resolveu esclarecer que também sabia fazer aquele trabalho.

Agarrou no martelo e começou a bater na pedra com tanta força que, se não fosse uma atenção mais cuidada, em vez de picar, ia abrindo um buraco, tal foi o entusiasmo com que abraçou a tarefa.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s