AS “ROSAS” DA MÃE

A mãe retomou a sua habitual agitação, felizmente, com um pouco menos de atividades agrícolas e mais iniciativas culturais e lúdicas.

Há dias em que tudo parece quase normal, se a mãe tomar os medicamentos quatro vezes ao dia, sem deixar cair, pelo menos um, no chão da cozinha e, ao meio da manhã, não se esquecer da peça de fruta ou do iogurte para combater a “fraqueza”.

Mais complicada é a gestão das horas, dos dias da semana ou o cálculo dos dias que faltam para que uma das filhas apareça… No próximo mês de junho as “atividades obrigatórias” da mãe são mais do que muitas:

  • No dia 1 de junho, avaliação do plano de fisioterapia, em São Vicente;
  • 9 de junho, no Centro de Saúde de Ponta Delgada recolha de amostras;
  • 15 de junho, consulta sobre os resultados das análises, no Centro de Saúde;
  • 29 de junho, consulta no Hospital do Funchal para avaliação dos progressos na recuperação da intervenção cirúrgica.
Esta entrada foi publicada em Família. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s